UOL Estilo UOL Estilo
06/06/2009 - 22h39

Printing promove verão de linhos e paetês

O foco do Verão 2009/10 da Printing foi o trabalho com o linho, em versões puras ou mescladas a viscoline e seda, desfilado no encerramento do segundo dia de Fashion Rio, neste sábado (6), no Píer Mauá.

 

Veja imagens do desfile

 

Alexandre Schneider/UOL

 

Sem partir de um tema ou uma inspiração principal, a estilista Márcia Queiroz diz gostar de criar com base em assuntos que permeiam sua cabeça. “O verão precisa ser leve, me lembra conforto. Então, pensei em pegar o linho, que é um tecido supernobre, e trazê-lo para os dias de hoje. É antigo com frescor”, explicou ela do backstage antes do desfile.

 

O tecido foi apresentado em alfaiataria, em diferentes modelos que ganharam nordados florais com pontos de brilho. O destaque, no entanto, fica para os paetês em formato de concha - como no casaco desfilado pela top Samira Carvalho, combinado a blusa de bordados de tecido e short – e os dourados em versões mini – no vestido final, em calça e também jaqueta.

 

 

Trabalhadas a partir do moulage, as formas vieram soltas. Vestidos assimétricos em viscose todos plissados receberam variadas modelagens, assim como conjuntos fluidos. No modelo desfilado por Aline Weber, por exemplo, gola solta criava decote expondo seu seio direito – que a top tentou cobrir no caminho de volta da passarela.

 

Apesar do predomínio dos beges, focos de cor mais forte surgiram em conjuntos monocromáticos,  como o rosa e o azul e mesclados, como no desfilado por Drielly Oliveira, todos de sutiã inspirado na década de 50 e cintura alta, para não deixar o umbigo à mostra. As estampas, tímidas em meio à coleção, trouxeram grafismos – listras e bolas, como no vestido com ares de Pedrita apresentado por Lais Oliveira.


Escrito por: Fernanda Schimidt


comunicar erro COMUNICAR ERRO

Claudia Simões cria amazonas oitentistas

Uma estampa de vitória-régia em blusa antiga comprada em um brechó em Nova York foi o ponto de partida para esta coleção de Claudia Simões.

 

Veja imagens do desfile

 

Alexandre Schneider/UOL

 

Da imagem da planta aquática, a estilista buscou as amazonas – para ela, sinônimo de mulher guerreira da mata, assim como suas contemporâneas do século 21. A estampa original ganhou reedição em estamparia digital, na forma de camisa comprida e vestido. Já as demais padronagens, todas de grafismos, foram feitas à mão.

 

 

A modelagem remete aos anos 80, com volumes amplos mais arredondados, somados a ombros marcados, como no blazer sem mangas sobre maiô rosa ou no vestido curto de vitória-régia. A cintura apareceu predominantemente alta, tanto em calças como em saias e shorts, marcada por cintos finos ou largos.


Escrito por: Fernanda Schimidt


comunicar erro COMUNICAR ERRO

Salinas evoca cores de Pedro Almodóvar

Primeira marca de moda praia a apresentar seu Verão 2009/10 no Fashion Rio, a Salinas buscou inspiração nas cores vibrantes dos filmes de Pedro Almodóvar para criar sua próxima coleção, desfilada por time de tops neste sábado (6).

 

Veja fotos do desfile da Salinas

 

Alexandre Schneider/UOL

 

Os vermelhos tomaram conta de boa parte do desfile, intercalados a amarelo, azul, rosa e verde. Em peças únicas ou conjuntos, as estampas revestiram boa parte da coleção – sozinhas ou misturadas – em diferentes padronagens: florais, corações com flechas, plumas (em mais de uma versão), maxipois.

 

Os biquínis do próximo verão da Salinas são comportados na parte de cima, com predomínio das faixas, e mais fininhos na de baixo, com lateral string ou de amarrar. Entre os maiôs, os modelos variaram do predominante tomara-que-caia às peças de uma alça, cruzadas nas costas, engana-mamãe (com Carol Francischini, em estampa de plumas), de babados laterias (com Bruna Tenório, com “decote engana-mamãe nas costas”).

 

 

Os detalhes ficaram por conta de laços enfeitando diversas peças em diferentes tamanhos, como no tomara-que-cai final em plush desfilado por Isabeli Fontana, faixas fazendo vezes de elástico em calcinhas ou delimitando a cintura em maiô de modalagem mais solta, e fivelas douradas em amarras laterais ou nas costas. Entre os acessórios, grandes pulseiras de madeira em formato de coração.


Escrito por: Fernanda Schimidt


comunicar erro COMUNICAR ERRO

Casting estrelado na Salinas

A Salinas colocou na passarela o maior número de tops até o momento, nesta edição do Fashion Rio.

 

Alexandre Schneider/UOL

 

A grife de moda praia abriu o desfile com Ana Beatriz Barros, Isabeli Fontana e Izabel Goulart. Ao longo da apresentação, Aline Weber, Ana Claudia Michels, Bruna Tenório, Carmelita, Carol Francischini, Gracie Carvalho, Guisela Rhein, Juliana Imai, Nathalie Edenburg, Samira Carvalho engrossaram a passarela.


Escrito por: Fernanda Schimidt


comunicar erro COMUNICAR ERRO

Melk Z-Da faz vestidos com balas de matar e de comer

Estilista mais autoral do Fashion Rio, Melk Z-da definiu seu Verão 2009/10 como uma “coleção polêmica, de referências não boas”, que buscou inspiração em coletes à prova de balas, armas de fogo e jujubas.

 

Veja imagens do desfile

 


 

Por meio de seu trabalho manual, Melk transformou cartucheiras em vestidos; enquanto que pelo digital, levou as balas doces às estampas. Os recursos bélicos foram recriados por meio de volumes criados nos tecidos, como grandes ondas pregadas às roupas, seja no quadril ou nos ombros, ou miniondinhas como balas revestindo saias inteiras, como no look cinza desfilado por Sheila Baum.

 

Ao contrário de suas coleções anteriores, o estilista investiu nas cores, para suavizar a violências de suas formas, com uma cartela de jujuba – rosa, amarelo, laranja e azul –, em meio ao pérola, preto e metalizados, remetendo às armas. Outra novidade desta temporada ficou porconta dos primeiros quatro looks masculinos feitos pela grife. O homem de Melk veste conjuntos de bermuda com jaqueta, camisa ou colete, que também foi acompanhado por calça.

 

Alexandre Schneider/UOL

 

A desconstrução do colete à prova de balas deu nova forma a vestidos, estruturando a parte de cima das peças. Ao final, vestido preto assimétrico como se fosse formado por alças feitas de pentes de balas – costuradas pouco antes da apresentação –, desfilado pela com a top Viviane Orth


Escrito por: Fernanda Schimidt


comunicar erro COMUNICAR ERRO

Cavendish mostra França bucólica

Férias na França com encontros românticos é a imagem que a Cavendish quer passar para seu Verão 2009/10.

 

Veja imagens do desfile da Cavendish

 

Alexandre Schneider/UOL

 

A coleção da marca focou a estampa de barco, referência à tranquilidade da região da Bretanha – inspiração da estilista Carla Cavendish. A padronagem apareceu em difrentes versões, em blusas, vestidos, shorts e calças.

 

Na próxima estação, a mulher da Cavendish priorizará também as listras, como no vestido desfilado pela top Samira Carvalho ou ainda no short de Viviane Orth, combinado a blusa em tecido vazado e casaquinho creme. As formas são levemente soltas e bastante curtas . Peças mais amplas ficaram por conta dos shorts e calças, ainda que algumas tenham aparecido secas mais afuniladas.

 

 

Para arrematar os looks, cintos trançados feitos com tecidos da coleção – que englobou organza, linho, algodão, renda, tafetá e jeans – marcavam a cintura alta e chapéus delicados nas cabeças.


Escrito por: Fernanda Schimidt


comunicar erro COMUNICAR ERRO

Dorothies psicodélicas fazem verão da Maria Bonita Extra

A Maria Bonita Extra abriu a programação de desfiles deste sábado (6) com coleção inspirada na fantasia do Mágico de Oz e na psicodelia de Pink Floyd, em desfile no segundo dia de Fashion Rio.

 

Veja imagens do desfile da Maria Bonita Extra


Alexandre Schneider/UOL

 

Cores fortes em neon deram o tom do Verão 2009/10 da grife, em bordados de minipaetês rosa e laranja revestindo camisetas brancas, dando forma a tops de alça fininha usados sobre vestidos de organza transparente, como no look apresentado pela top Aline Weber – segundo do desfile –,  e principalmente nos acessórios, com grandes pulseiras coloridas usadas aos trios e sapatos em referência contemporânea à menina Dorothy, personagem principal do livro de L. Frank Baum.  A estamparia floral fazia alusão à psicodelia fantasiosa, buscada pela estilista Ana Magalhães.

 

As formas são soltas e bastante curtas, em tecidos leves, com algum volume lateral no quadril. A cintura, quando marcada por cintos e peças mais justas, aparece predominantemente alta.

 

 

Referências mais diretas aos objetos de inpiração da coleção apareceram na trilha sonora, com trecho de “Dark Side Of the Moon”, do grupo Pink Floyd, e laços de latão, trazendo o ícone da Maria Bonita Extra para uma versão Homem de Lata, que enfeitavam o cabelo das modelos.


Escrito por: Fernanda Schimidt


comunicar erro COMUNICAR ERRO

Fashion Business se despede do Fashion Rio

O Fashion Business, principal bolsa de negócios de moda do país, realizada paralelamente ao Fashion Rio desde 1992, irá se despedir da semana de moda carioca na próxima temporada.

Fernanda Schimidt/UOL

O evento continuará a ser realizado, porém não mais em paralelo aos desfiles, como nesta edição, em que o bolsão com 150 expositores foi transferido para o Píer Mauá, acompanhando a saída do Fashion Rio da Marina da Glória.



Na próxima edição, em janeiro, o Fashion Business – parceria entre a Escala Eventos e a Dupla Assessoria, empresa de Eloysa Simão, ex-diretora do Fashion Rio – retornará à Marina da Glória e receberá novos investimentos. “O evento vai crescer um pouco, com acréscimo de uma tenda de 2 mil m² [atualmente são 14 mil m²] voltada para produtos técnicos para lojistas, desde produtos para iluminação a outros para vitrines”, explicou a assessoria de imprensa da bolsa, que afirmou não haver expectativas de redução no público ou nos expositores com sua dissociação do Fashion Rio. “São públicos muito diferentes. O comprador não vai ver desfile, vê apenas as apresentações dentro do evento [de negócios]”.



O foco dos negócios na temporada Inverno 2010 do Fashion Rio passará a ser organizado pela InBrands e Luminosidade, empresa de Paulo Borges, atual diretor da semana carioca (e do São Paulo Fashion Week). Com outro nome, ainda não definido, o novo evento pretende manter o formato e objetivo do atual, de promover o encontro entre grifes de variados segmentos da moda e lojas multimarcas espalhadas pelo país e exterior. "Só vamos ter novidades sobre a próxima edição em dois ou três meses, ainda estão escolhendo o nome, vendo detalhes sobre expositores", disse a assessoria de imprensa da Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), apoiadora do evento e responsável por sua gestão técnica e financeira.


Escrito por: Fernanda Schimidt


comunicar erro COMUNICAR ERRO

Festa de boas-vindas

A festa oficial de abertura do Fashion Rio aconteceu na noite desta sexta-feira (5), com apresentação da velha guarda da Portela, que contou com participação do Seu Jorge.

Fernanda Schimidt/UOL

O show foi realizado no próprio Píer Mauá, sede desta edição do evento, após os desfiles do prêmio Rio Moda Hype, voltado para os jovens estilistas.

 

No repertório da velha guarda em companhia do cantor, estavam músicas tradicionais do samba carioca. O setlist incluiu "Na linha do mar", "Triste desventura", "Vai vadiar" e "Coração em desalinho".

 

O Fashion Rio apresenterá até 10 de junho as coleções para o Verão 2009/10.


Escrito por: Fernanda Schimidt


comunicar erro COMUNICAR ERRO

Raio-X de estilista: R. Groove

O estilista Rique Groove, da R. Groove, apresenta sua quinta edição dentro do prêmio Rio Moda Hype, no encerramento do primeiro dia de Fashion Rio, e procura partir em busca de novos desafios na próxima temporada.

Fernanda Schimidt/UOL

“Esta é a quinta e última vez, espero. Outros projetos virão, ainda não sei quais são, mas eles virão. Quero seguir a seqüência normal das coisas, fazer um desfile grande da próxima vez”, contou Rique do backstage.

 

Rique foi eleito o estilista revelação na primeira edição do Prêmio Moda Brasil, no ano passado. “O Prêmio mudou bastante a visão das pessoas perante a marca, tanto no lado comercial, quanto na crítica. São novas procuras e novas responsabilidades”, afirmou.

Rique Groove, 26 anos:
Formação: “Fiz moda na faculdade Veiga Almeida, em 2006”
Estilo: “Moderno e descolado”
Ponto de venda: Loja própria, 21 2247-0258


Escrito por: Fernanda Schimidt


comunicar erro COMUNICAR ERRO
05/06/2009 - 22h46

Rio Moda Hype: Parte II

Os últimos seis participantes do prêmio Rio Moda Hype, que oferecerá ao vencedor uma bolsa de estudos integral para uma pós-graduação, trouxeram mais opções para o guarda-roupa masculino.

 

Veja imagens do segundo bloco de desfiles

 

 

 

Abrindo o desfile conjunto, a Butch mostrou que o que o público carioca gosta é de ver os corpos à mostra, como em suas areias e calçadões. Sob gritos e aplausos, a moda praia da marca colocou seus rapazes em sungas e pequenos shorts acompanhados apenas por gravatas-borboleta ou camisas estampadas, ganhando em alguns momentos pontos de brilho, como purpurina, e laços na parte de trás. Legging grossa, macaquinho com bermuda e jaqueta, em neoprena, usada aberta, também apareceram ao longo da coleção, toda em branco, preto e cinza.

 

Peças mais soltas afuniladas na parte de baixo puderam ser observadas em boa parte da coleção da Stefania, seja em calças, bermudas, saias ou vestidos, que ora ganhavam largos elásticos em sua barra, ora o cavalo repuxado dando cara assimétrica aos looks mais curtos. Inspirada pelo cubismo, a coleção favoreceu os tons claros, com azuis, cinzas, brancos e verdes.

 

A moda masculina novamente foi destaque da passarela com o desfile de Alisson Rodrigues, marcado por sobreposições – em bermudas, calças e macaquinhos – de tecidos leves, às vezes transparente. A mistura de estampas também foi forte nos looks, com camisa listrada combinada a shorts xadrez em padronagem semelhante, arrematados por colete branco. O jeans apareceu nas produções finais com conjunto de bermuda e jaqueta sobre camisa estampada e no macacão desfilado por Alex Schutz, remetando a operários dos arranha-céus, tema da coleção.

 

Inspirada nas mulheres de personalidade forte da Nouvelle Vague, a dupla Jotadê priorizou os comprimentos curtos para o verão feminino e masculino.  Os rapazes apareceram com combinações de short e camiseta que receberam acompanhamento de suspensórios ou coletes. A imagem masculina foi utilizada também em look feminino, com conjunto risca-de-giz com macacão, paletó e chapéu. A imagem de alfaiataria pontuou ainda a moda praia da marca.

 

Os vestidos de festa foram o destaque da coleção de Ursula Félix, em peças assimétricas, marcadas por volumes laterais, em golas ou em caudas duras, em camadas sobrepostas. Laranja, verde, preto e mostarda dividiram a cartela com o furta-cor, de aspecto metalizado. Os modelos deixaram todos os ombros à mostra, com boa presença do tomara-que-caia.

 

A marca R. Groove encerrou a primeira noite de Fashion Rio com sua moda street descontraída, mas madura. As calças deram preferência aos modelos de cavalo baixo, com perna mais afunilada. Os tons claros apareceram com predominância, como nos conjuntos de bermuda, camiseta e paletó. As estampas apareceram leves, com exceção à que lembrava pinceladas de tinta, fortes em rosa e verde.


Escrito por: Redação de UOL Estilo


comunicar erro COMUNICAR ERRO

Rio Moda Hype: Parte I

Os novos estilistas do prêmio Rio Moda Hype desfilaram suas coleções para o Verão 2009/10, marcado por cinturas altas, comprimentos curtos e macacões ocasionais na abertura do 25º Fashion Rio, nesta sexta-feira (5), em duas apresentações no Píer Mauá, sede do evento.


Veja imagens do primeiro desfile do Rio Moda Hype


 

 

 

Fernanda Yamamoto inaugurou a programação com vestidos estampados, caracterizados por recortes geométricos, em modelos simétricos ou não. Em tons de rosa claro, microshort combinou-se à top tomara-que-caia – como no look desfilado pela modelo Drielly Oliveira –, calça seca de cintura alta ganhou volumes laterais. Pontos mais amplos pontuavam também outras peças, como o vestido apresentado por Nathalie Edenburg apenas na fila final.

 

As cores fortes marcaram o verão de Martins Paulo, em saias, vestidos e blusas, recheadas por camadas volumosas de tecidos sobrepostos, que evocavam o kitsch da Espanha e as mulheres de Pedro Almodóvar. A cintura apareceu alta, bem delimitada, e o ombro ganhou volumes como na peça final, com detalhes em estampa de onça.

 

Bruna Ribeiro levou sua coleção do branco ao marrom, em um desfile que destacou os macacões tanto para homens quanto para mulheres. A peça recebeu diferentes versões, curtas ou longas, com decote em V nas costas ou em tomara-que-caia. As formas próximas ao corpo ou levemente mais soltas eram arrematadas por faixas que apertavam as pernas.

 

O baiano Vitorino Campos fez sua estreia na semana de moda carioca com verão melancólico, baseado na música “Hoppipolla”, do grupo Sigur Ros, em contraponto ao expressionismo do artista plástico Jackson Pollock. Vestidos em tons clarinhos foram intercalados a calça de cintura alta combinada a top transparente. Grandes laços e pregas detalhavam algumas peças, enquanto minifolhas revestiam outras, e flores adornavam a cabeça das modelos.

 

Mais uma estreante, a dupla Lore mostrou coleção – inspirada em tabuleiro de feira do Recife – que priorizou as estampas gráficas sob fundo branco, em peças leves, como no vestido de abertura ou no microshort com regata branca e paletó. As costas de fora apareceram diversas vezes, com detaque para a blusa verde combinada a calça afunilada por fivelas no tornozelo.

O encerramento da primeira leva de desfiles do prêmio Rio Moda Hype aconteceu com Julia Valle. A estilista trabalhou a modelagem livre, com peças marcadas por recortes, volumes laterais soltos criados por pregas, volumes na frente dando ar assimétrico aos looks. Na cartela de cores, branco, pink, amarelo, azul e vermelho.


Escrito por: Fernanda Schimidt


comunicar erro COMUNICAR ERRO

Começo em grande estilo

Foto do belo pôr-do-sol nesta tarde de sexta-feira no Pier Mauá, nova casa do Fashion Rio.


Escrito por: Redação de UOL Estilo


comunicar erro COMUNICAR ERRO

Raio-X de estilista: Fernanda Yamamoto

Em sua quarta participação no prêmio Rio Moda Hype, a estilista Fernanda Yamamoto inaugura a programação de desfiles desta temporada de Fashion Rio com a coleção Pescametria, com inspiração na geometria e na pesca.

Fernanda Schimidt/UOL

 

"Meu trabalho evoluiu, fiz estamparias, tricôs, bolsas, coisas que nunca tinha feito", disse ela, que é pupila do estilista Jum Nakao, com quem faz consultorias para empresas. 

 

Fernanda Yamamoto, 30 anos:

Formação: "Fiz administração na GV em 2000 e estudei moda na Parsons, em NY"

Estilo: "Bastante moulage, com roupas bem trabalhadas"

Ponto de venda: Hospedaria e Casa Mauro Freire

 

 


 


Escrito por: Redação de UOL Estilo


comunicar erro COMUNICAR ERRO
04/06/2009 - 23h24

Prêmio Rio Moda Hype terá desfiles, shows e arte digital

A 11ª edição do prêmio Rio Moda Hype reunirá desfiles de 12 novos talentos da moda nacional divididos em duas apresentações na noite desta sexta-feira (5), primeiro dia de Fashion Rio, no Armazén 03, no Píer Mauá, região central da capital carioca. Além das criações para o Verão 2009/10, o evento contará com músicos, DJs, grafiteiros, designers e artistas plásticos.

 

Divulgação

Integrantes do +CONVERGÊNCIA URBANA, dentro do prêmio Rio Moda Hype

 

Os trabalhos dos novos estilistas serão avaliadas por uma comissão de professores, que selecionará o melhor entre eles. O vencedor será contemplado com uma bolsa de estudos integral em um curso de pós-graduação da Faculdade Senai Cetiqt. Desfilam nesta edição: Fernanda Yamamoto, Martins Paulo, Bruna Ribeiro, Vitorino Campos, Lore, Júlia Valle, Butch, Stefania, Alisson Rodrigues, Jotadê, Ursula Felix e R.Groove

 

A programação paralela aos desfiles, que recebeu o nome de +CONVERGÊNCIA URBANA, inclui cenografia da dupla Bockel & Peu, que aproveita sucatas e madeiras de destroços de obras de armazéns do Cais do Porto para fazer sua arte-ambientação, sessões da vídeo-instalação "Fragmentos", de Robert Guimarães, com imagens de edições anteriores do prêmio, manipulação ao vivo de imagens do Rio de Janeiro feitas por Cila McDowell e mostra de grafite digital com o coletivo Calaboca Lab.

 

Já braço musical do Rio Moda Hype teré presença de grupos da Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo. Veja abaixo o horário dos shows:

17h - Phantazma (SP)

18h25 - Drama Queen (BA)

18h45 - Glass'n'Glue (RJ)


Escrito por: Redação de UOL Estilo


comunicar erro COMUNICAR ERRO
01/06/2009 - 19h07

Lineup sofre pequena alteração

A programação de desfiles do Fashion Rio, que acontece entre 6 e 10 de junho, no Pier Mauá, sofreu uma pequena alteração.

 

A grife Auslander, que inicialmente apresentaria sua coleção para o Verão 2009/10 na segunda, às 12h30, desfilará na quarta, às 20h, no lugar da marca Francisca, que deixou o lineup.

 

Clique aqui para ver a programação completa do evento.


Escrito por: UOL Estilo


comunicar erro COMUNICAR ERRO

Ver mensagens anteriores: 07/06/2009 a 13/06/2009 31/05/2009 a 06/06/2009